domingo, 16 de outubro de 2016

a conta, rápido...






Estava jantando com uma amiga. Uma amizade que era totalmente em cores. Uma amizade de cama e mesa. Mas sem nenhuma ligação mais seria. Afinal ela tinha sua vida e eu a minha. Mas a natureza tem coisas que nem a natureza explica. E, pensando bem, explicar pra que ?
E ela, entre uma colherada e outra da sobremesa, começou a conversar sobre sexo. mas dessa vez seu olhar estava, mais  dentro do meu, estava diferente, mais encorpada, seu pé por baixo da mesa, procurava minha perna. O modo de levar a colher a boca estava acintoso, diferente... 

__ Queria que voce fizesse amor comigo me tratando como se eu fosse bem vadia, bem  piranha, bem puta, bem vulgar. Faça o que quiser, xingue, bata, fale, ofenda. me use . Abuse disso. Arranque minha roupa, me vire do avesso. Mande eu fazer o que quiser que eu faço. Quero muito assim...

__ mas é sempre assim...  - respondi .

__ eu sei, mas gosto de falar isso, falar disso. Me solto mais. Parece que incorporo. Me sinto uma. E acho que sou. Só me prendo. mas com voce fico mais solta, Deve ser teu jeito. Adoro ser puta pra vc. Ser comida por voce.
Feito alguma coisa que baixa em mim. Que entra no meu corpo Me da vontade de falar palavrão, de rir alto. De trepar feito uma alucinada. De ser sacaneada, machucada. Adoro. Estou quase tendo um treco aqui, só em falar assim. Só em pensar. Vamos embora logo Mau. Não aguento mais. Isso é loucura. Voce desperta essas coisas em mim. Porque? vamos logo...Vontade demais, minhas pernas estão deslizando uma na outra, como uma onda.... Vamos logo..

__ Garçom, por favor a conta.

__ e bem rápido...- ela completou 





6 comentários:

Carlos Miranda disse...

uau... muito bom, maurizio...eu creio que levantaria, e a levaria, esquecendo a conta...
rsrsrs...

Nany C. disse...

molhou... imaginar assim fez chover...

beijos na alma, menino. na alma!!

;)

Sempre Fênix disse...

Não se pode negar um "pedido" desse !!
Beijos Mau !

EU SOU NEGUINHA disse...

ahhhh urgências....adoro estar aqui..
Beijos meus

Nádia Santos disse...

Nada como deixar os instintos falarem bem alto... delícia!

CÉU disse...

Olá, Maurício!

Que Design de blog, bonito, quente! Não lembro se qdo comentei seu texto, há uns tempos, ele era, desse jeito. Fica, desde já, minha "aprovação" - risos.

Uma história bem contada e bem pontuada (lá estou eu com a mania de ler Português correto), mas eu acho que a "minina" estava doidona. Psicanálise, só lhe faria bem. Quem é comida, tb come, ou ela desconhece que temos, gramaticalmente falando, e não só, voz ativa e voz passiva.

Claro que você ou o cara de tua história, aproveitou a loucura dela e fez mto bem.

Bom fim de semana.

Abraços.