sexta-feira, 30 de outubro de 2015





de verdade mesmo, só se ama apaixonadamente assim: longo, completo e dentro. Há de se ter intensidade no louco ir e vir nas partes mais vastas e mais fundas da mulher, e no roçar impudico de todas as sensações da superficie, com o atrito intenso, forte e sem pudor de todas as sensações da pele....

                                   Hoje fiz teu gozo
                               Um gozo verdadeiro, 
                  na (in)consciencia plena de ser gozo 
                     um gozo em quase descontrole.... 
                um orgasmo longo, espasmodico, contínuo. 
                                      Múltiplo 
                     Em pleno suor na madrugada fria 
                           desentranhei teu gemido . 
                         Alto, gutural, inimaginavel... 


 

sábado, 24 de outubro de 2015

corpos.





somos nossas sensações . Não seremos nunca, lembranças ou saudades ou expectativas de eternidades . Não daremos tempo ao tempo pra isso. Nem promessas ou  juras. de que adianta ? Na atemporalidade de nossas madrugadas somos simplesmente pele e carne. Transpiramos emoções. Nesse entrelace louco dos corpos suados, nossos mergulhos na maré alta de prazeres..Eu e voce somos desejos a flor da pele. Somos apenas corpos que se molham e colam. Nossas almas aceitam e levitam cúmplices, entendendo nessa intensidade , que somos apenas isso, as vontades loucas que nossos corpos tem...




quinta-feira, 22 de outubro de 2015



 não existe limites entre o despudor, o desejo e o gosto maravilhosamente agridoce do corpo de uma mulher.

domingo, 18 de outubro de 2015

simbiose.




Como numa simbiose imperfeita
jogo meu pecado no teu desejo
me alimento de ti.
te busco,
te acho, te sugo,
te alucino,
te abro,
te como!



sábado, 17 de outubro de 2015

Amor, sexo e hipocrisia.

 .


Falar de amor não dói. Não ofende ninguem. Não machuca ninguem. Falar de sexo é igual pensar. Pior é falar em roubo, em corrupção, em assassinatos, em fome. Falar em insegurança , em assaltos. Isso sim  não é bom, isso sim deveria ofender. Principalmente aqueles que hipocritamente, vivem suas mentiras, atacando e ofendendo a quem não lhes faz mal. Uma foto de sexo é tão comum, é tão  interativa que deveria ser vista com a tranquilidade e força em que o momento parou. Sexo é vida. Sexo é amor, até quando não é ! Quantas e quantas pessoas identificam-se com um texto, com uma foto. Com a liberdade enfim de se expressar.. De viver, de amar. É hipocrisia demais, um País que clama pela liberdade sexual, pelo casamento entre iguais. Pelo amor gay. Ainda fingir que se choca quando veem uma foto de amor entre um homem e uma mulher...


 

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

de repente.




e de repente, descontroladamente gemeu
gemeu sem esperar, 
sem saber, sem pedir.
sentiu-se entregue em toda sua profundidade

rendida em suas forças
perdeu seus recatos e principios
revelou seus segredos,
transbordou em suas fantasias
todos os seus misterios e vontades
seus temores e angustias.
libertando-se de seus pudores
liberou seu corpo entregue


gozou enfim
gozou o momento,
gozou o instante ansiado
gozou pelos dias de espera e prantos
gozou como se tivesse gozando
por todo o tempo passado e perdido
. 

Gemeu então mais forte.
libertando mais seu corpo
em seus prazeres e desejos.
gozou todo seu medo.

E sem pudores esqueceu princípios .
Alimentou fantasias
. 

e gozou como em dor,  
toda sua vontade !




domingo, 11 de outubro de 2015

sem hipocrisias por favor...






algumas pessoas, onde me incluo, vão passando na vida sujeito a chuvas e trovoadas, sujeitos a todo tipo de prejulgamentos. Onde todos nos condenam, por algum fato, ou voos, que fogem as suas realidades. A hipocrisia normalmente machuca muito mais o próprio hipócrita que aquele que é seu alvo. A grande maioria, vive(?) a vida sonhando mil loucuras, mil fantasias, mil vontades. E vão levando a vida assim. ( sonhando). Fazendo o simples e sonhando suas ilusões. Mas existem aqueles, que realizam seus sonhos, suas fantasias, suas loucuras. Existem aqueles, que não deixam a vida, ir passando simplesmente. Não levam a vida a base da batata frita e coca cola, uma vida fast food. Fazem da vida um banquete. De som, de luzes, cores e sensações. A vida é uma só, e é rápida demais, mas é uma dádiva. E os prazeres ( sem hipocrisia por favor ) principalmente do corpo, são a cereja do bolo.


 

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

não somos nossos...







somos inconsequentemente amantes,
numa consciencia impudica de nossas fugas
e sofismas.
beijamos a boca num beijo bandido.
E dormimos sonhos indefesos
simples pesadelos que não nos deixam acordar.
Devoro teu corpo, provoco teus sons,
penetro sem dó teus espaços,
aperto teus montes,
mordo e molho tuas entradas.
Somos nossa nudez,
e o arrepio que minha lingua faz na tua pele
quando tu se abre e sorrindo engoles toda nossa insensatez
Simplesmente uma retorica do corpo.
Uma verossimilhança de amor.
onde somos tudo
e não somos nossos.
vivemos simplesmente nossos pecados,
nossas escolhas
e nessa ambiguidade
nossas (in)consequencias...




somos inconsequentemente amantes, numa consciencia impudica de nossas fugas e sofismas. beijamos a boca num beijo bandido. E dormimos sonhos indefesos simples pesadelos que não nos deixam acordar. Devoro teu corpo, provoco teus sons, penetro sem dó teus espaços, aperto teus montes, mordo e molho tuas entradas. Somos nossa nudez, e o arrepio que minha lingua faz na tua pele quando tu se abre e sorri. Simplesmente uma retorica do corpo. Uma verossimilhança de amor. E assim vivemos nossos pecados, nessa ambiguidade nossas consequencias...

Copy the BEST Traders and Make Money : http://bit.ly/fxzulu

sábado, 3 de outubro de 2015

A diretora...

.


Eu sentia que ela aguardava que eu dissesse alguma coisa. Afinal do modo que ela se colocou em função do cargo e do seu próprio modo, não permitia que ela se soltasse mais.
Mas eu estava gostando do rumo que tudo tomava. Sentia um prazer meio sádico em não deixar a assunto sair do tom que estava. E continuavamos falando sobre trabalho, lucros, tempo etc...etc...
Depois da terceira taça de vinho, virou-se e disse.

__tudo certo adorei o vinho, mas já podemos voltar ao hotel. Amanhã as 9 tenho que estar no aeroporto. ela fala. 

E ainda não eram 23 hs.mas entendi sua ansiedade

__Ok vamos então. disse. Fomos em silencio o cd do carro ligado e ela de olhos fechados mexia o corpo, como dançando.

Chegando ao hotel , entro no elevador com ela

__ Parece que o vinho acordou um pouco minha vontade de dançar, mas fica para uma proxima vez ....se houver próxima vez.- disse ela, - já sem grandes certezas de nada.

Sorrindo abri a porta do quarto. Sem falar nada entrei com ela e liguei o som
__ chegou a hora de ir - disse

Ela sorriu e me abraçou . Sorri tambem a peguei forte pela cintura e começamos a dançar. Seu corpo aos poucos se apertava ao meu, ela não dizia nada, apenas deixava seu corpo cada vez mais se apertar ao meu. Forcei tb até que ela sentisse toda minha excitação.

__por favor não fale nada, diz ela. deixe tudo acontecer, mas não fale nada. Quero tudo acontecendo em silencio, tudo, tudo....

Minha mão em sua cintura, entrava por baixo de sua blusa. Seu corpo macio e sem sutian arfava forte, meus dedos sentiram seu seio firme e sua respiração ofegante... Seus braços levantaram-se em volta do meu pescoço, sua boca entreaberta encostava-se despudorada em meu peito...

E a noite foi passando lenta, louca, cumplice... 



.
eu sentia que ela aguardava que eu dissesse alguma coisa. Afinal do modo que ela se colocou em função do cargo e do seu proprio modo, não permitia que ela se soltasse mais. Mas eu estava gostando do rumo que tudo tomava. Sentia um prazer meio sadico em não deixar a assunto sair do tom que estava. E continuavamos falando sobre trabalho, lucros, tempo etc...etc... E na quarta taça de vinho, virou-se e disse. __tudo certo adorei o vinho, podemos voltar ao hotel. Amanhã as 9 tenho que estar no aeroporto. ela fala. E ainda não era 23 hs.mas entendi sua ansiedade __Ok vamos então. disse. Fomos em silencio o cd do carro ligado e ela de olhaos fechados mexia o corpo, como dançando. Chegando ao hotel , subo o elevador com ela __Boa noite e uma ótima viagem de volta. disse. __Obrigado, respondeu . E o vinho acordou um pouco minha vontade de dançar, fica para uma proxima vez ....se houver. Continuou ela, já sem grandes certezas de nada. Sorrindo abri a porta do quarto. Sem falar nada entrei com ela e liguei o som a peguei pela cintura e começamos a dançar. seu corpo aos poucos se apertava ao meu, ela não dizia nada, apenas deixava seu corpo cada vez mais se apertar ao meu. Forcei tb até que ela sentisse toda minha excitação. __por favor não fale nada, diz ela. deixe tudo acontecer, mas não fale nada. Quero tudo acontecendo em silencio, tudo.... miinha mão em sua cintura, foi entrando por baixo de sua blusa. Seu corpo macio e sem sutia arfava forte, meus dedos sentiram seu seio firme e sua respiração... E a noite foi passando lenta, quente e cumplice... -

Copy the BEST Traders and Make Money : http://bit.ly/fxzulu
eu sentia que ela aguardava que eu dissesse alguma coisa. Afinal do modo que ela se colocou em função do cargo e do seu proprio modo, não permitia que ela se soltasse mais. Mas eu estava gostando do rumo que tudo tomava. Sentia um prazer meio sadico em não deixar a assunto sair do tom que estava. E continuavamos falando sobre trabalho, lucros, tempo etc...etc... E na quarta taça de vinho, virou-se e disse. __tudo certo adorei o vinho, podemos voltar ao hotel. Amanhã as 9 tenho que estar no aeroporto. ela fala. E ainda não era 23 hs.mas entendi sua ansiedade __Ok vamos então. disse. Fomos em silencio o cd do carro ligado e ela de olhaos fechados mexia o corpo, como dançando. Chegando ao hotel , subo o elevador com ela __Boa noite e uma ótima viagem de volta. disse. __Obrigado, respondeu . E o vinho acordou um pouco minha vontade de dançar, fica para uma proxima vez ....se houver. Continuou ela, já sem grandes certezas de nada. Sorrindo abri a porta do quarto. Sem falar nada entrei com ela e liguei o som a peguei pela cintura e começamos a dançar. seu corpo aos poucos se apertava ao meu, ela não dizia nada, apenas deixava seu corpo cada vez mais se apertar ao meu. Forcei tb até que ela sentisse toda minha excitação. __por favor não fale nada, diz ela. deixe tudo acontecer, mas não fale nada. Quero tudo acontecendo em silencio, tudo.... miinha mão em sua cintura, foi entrando por baixo de sua blusa. Seu corpo macio e sem sutia arfava forte, meus dedos sentiram seu seio firme e sua respiração... E a noite foi passando lenta, quente e cumplice... -

Copy the BEST Traders and Make Money : http://bit.ly/fxzulu



definitivamente, funciono melhor a flor da pele.